sexta-feira, agosto 31, 2007

Holyday Pics


Chama-se Aníbal Bandeira, faz cata-ventos e funilaria numa das margens do rião Gilão, em Tavira.












E assim inesperadamente, depois de um belo arroz de polvo realizado pelo mestre Salavisa, iluminado pelo luar e acompanhado pelo movimento das osgas na parede, descobri que a Nokia, em tempos, teve um telemóvel do tamanho de um frigorífico.





Mais um belo exemplo da ingénua e original contrafacção, desta feita sendo a Cami a elogiada.









M.I.A. em Paredes de Coura, o melhor momento da única noite em que espreitei este festival. Memorável também, a pior zona V.I.P. da história das zonas V.I.P.'s, houve Heineken e limoncello para beber, 3 ou 4 cadeiras e um caldo verde para comer.






Durante a exploração nortenha, descobri em Valença do Minho uma loja de desporto que possuía este singelo santuário.

3 comentários:

miss_blythe disse...

Ena, que férias tão ecléticas.

hidden persuader disse...

Tão lá estive nessa noite. Já que andava por Caminhas e Moledos de férias, decidi dar um pulinho a Paredes :)

Anónimo disse...

Ó diacho! Os méritos do polvo não foram só meus mas também aqui da patroa.
e.s.