quinta-feira, abril 24, 2008

Indulto aos gases já!

Arrotos e traques são manifestações interiores subvalorizadas.

Se virmos bem, tanto uns como outros, são ataques de saudosismo, elegias a refeições passadas, rememorações em tempos diferentes, o arroto mais próximo, o traque mais longínquo, que evocam uma refeição onde fomos felizes, um prazer gustativo que nos inundou, sabores que nos preencheram. Arrotos e traques mercem um sentido apreço e uma nova leitura/categorização enquanto elegias à história recente.

1 comentário:

desperdiçio de coisa nenhuma disse...

O que as pessoas desconhecem é que 6 meses dessa pequena flatulencia sentido pelo Homem corresponde À produção de uma bomba nuclear! e sendo assim todos nós somso terroristas mesmo que com armas inocentes como um simples: pum!