segunda-feira, fevereiro 13, 2006

Estratégias de Venda





Já não é a primeira vez que assisto a tal exposição de produtos, mas em Tomar é rara a loja que à noite não aproveita os ladrilhos como montra. Aventuro-me a adivinhar o pensamento ruminante do vendedor: "Os transeuntes nocturnos vão ficar tão fascinados com esta querida roupinha de bebé a servir de tapete que estão aqui batidos amanhã de manhã ainda antes da hora de abertura."


Quanto à segunda fotografia (vejo-me temporariamente nesta difícil profissão de crítico de montras e métodos de exposição) acho uma deliciosa explosão de criatividade a maneira como os vitrinistas conciliaram uma livre representação do átomo com as várias percentagens de saldos.

1 comentário:

anita_vai disse...

Por acaso já me tinha questionado sobre a exposição horizontal nocturna. Mas acabo sempre a divagar...